6 de jan de 2008

Zé: De Céu ao Inferno...

Certo dia Zé foi dormir. Deu boa noite para sua mulher, e dormiu. Quando acorda Zé se sente leve demais, olha pra frente e dá de cara com um sujeito barbudo e pergunta:

- Hei! Quem é você? O que você está fazendo no meu quarto?

- Eu sou São Pedro e você não está no seu quarto, está no céu.

Zé fica desesperado:

- NÃO é possível, eu não posso morrer! Por favor São Pedro faça eu voltar!

- Meu filho, você só poderá voltar se for na forma de cadela ou galinha.

Zé fica pensativo... “Cadela é foda, na Época do cio vários cachorros enrrabam ela, já a galinha... eu nunca vi pinto de galo, deve ser pequeno”... e responde rapidamente:

- Eu quero voltar como galinha!

Num piscar de olhos... Boom. Zé se vê num galinheiro, olha para si e tem a confirmação:

- CARALHO!!! Virei galinha!

Quando Zé olha pra frente, vê o galo vindo na sua direção:

- Putz! O que eu faço agora?

E o galo pergunta:

- Você é nova aqui no galinheiro, certo?

- Sim, sou sim.

- Bom... Aqui só tem duas opções... Ou você vai para a ala das reprodutoras ou para a ala das poedeiras.

Zé pensa... "Se eu for para a ala da reprodução vou ter que dar para esse cara. Mas também não sei botar ovo...”.

- Bom, seu galo... Eu não sei botar ovo!

E o galo prontamente se dispõe a ensinar Zé (a galinha) a botar ovo:

- Bom... O negócio é o seguinte... Senta aí, levanta a asinha esquerda duas vezes e faz cocorocó!

Zé segue os passos que o galo lhe disse e... PLOC, sai um ovinho... Zé se empolga. Tenta mais uma vez e... PLOC, sai outro ovinho.

- To começando a ficar bom nesse negócio!!!

Quando Zé começa a botar outro ovinho, ouve o grito da sua mulher:

- Zéééé!!! ACORDA, SEU BÊBADO... TÁ CAGANDO NA CAMA TODA!!!